Bálsamo bruto

Facebook Twitter Email

Fabio Navarro - Balsamo Bruto

Espero o dissolver
do corpo em cinza cor,
como se o trincar dentes
dessa maldita alma humana

pudesse em lava trabalhar
a pele em tela.
Aguardo o dia onde as claves
de tua voz movam-se,

como farol no mar.
Como carne em sangue,
esperando o bálsamo
da brutal saliva


[Fábio Navarro]



Os comentários estão desativados.